sábado, 8 de agosto de 2009

Sobre o DIA DOS PAIS

Esse será um Dia dos Pais especial. O meu primeiro casada. Eu gosto disso de ser o primeiro, de ser último, os momentos ficam mais marcantes e mais emocionantes!
Estava lendo meu post sobre o dia dos pais do ano passado e me emocionei com minhas palavras.
Realmente é difícil descrever o amor e carinho que sinto pelo pai. Só tenho tentado demonstrá-lo a cada dia!
Como imaginei que seria, ficou imensamente emocionado no casamento. Olhos mareados de lágrimas o tempo todo. Foi uma emoção muito grande entrar com ele na igreja.
São emoções insdiscritiveis...
Meu pai é muito especial para mim, e não me canso de dizer o quanto ele é importante para mim. Sei que ele não precisa dizer para mim que me ama, por que posso sentir através do olhar dele, através do beijo que dou quando vou embora e ele se despede como querendo que eu ficasse.
Amor de Pai e Filha....
Mas sei também que esse será um dia dos pais meio triste na minha casa. Não sei se vcs se lembram do meu tio-avô que faleceu no novembro do ano passado e esse será o primeiro dia dos pais sem ele [:(]...Vai ficar aquele clima de tristeza e melancolia. Ele era muitooo presente. E praticamente pai de todos lá no quintal onde meus pais moram. Mas tenho certeza que de onde ele estiver estará olhando e intercendo por nós e consolando o coração dos filhos dele, principalmente da minha prima Cris que sofre muito com a ausência dele...
Abaixo um lindo texto do Pe. Marcelo Rossi

PAI DE VERDADE

Pai de verdade mesmo não só ergue o filho do chão quando ele cai, mas também o faz perceber que a cada queda é possível levantar.
Ele não é simplesmente quem atende a caprichos: ele sabe perceber quando existe verdadeira necessidade nos pedidos.
Pai de verdade mesmo não é aquele que providência as melhores escolas, mas o que ensina o quanto é necessário o conhecimento.
Ele não orienta com base nas próprias experiências, mas demonstra que em cada experiência existe uma lição a ser aprendida.
Pai de verdade mesmo não coloca modelos de conduta, mas aponta aqueles cujas condutas não devem ser seguidas.
Ele não sonha com determinada profissão para o filho, mas deseja grande e verdadeiro sucesso com sua real vocação.
Ele não quer que o filho tenha tudo o que ele não teve, mas que tenha tudo aquilo que merecer e realmente desejar.
Pai de verdade mesmo não está ali só para colocar a mão no bolso para pagar as despesas: ele coloca a mão na consciência
e percebe até que ponto está alimentando um espírito de dependência.
Ele não é um condutor de destinos, mas sim o farol que aponta para um caminho de honestidade e de Bem.
Pai de verdade mesmo não diz “Faça isto” ou” faça aquilo”, mas sim " tente fazer o melhor de acordo com o que você
já sabe”.
Ele não acusa de erros e nem sempre aplaude os acertos, mas pergunta se houve percepção dos caminhos que levaram o filho a esses fins.
Pai de verdade mesmo é o Amigo sempre presente, atento e amoroso - com a alma de joelhos - pedindo a Deus que o oriente na hora de dar conselhos...
Pais amados de Deus, continuem sendo esse sinal de Deus e amor para seus filhos...Os frutos serão grandiosos...


Lindo..... Queridas, um lindo domingo de dia dos pais! Um beijo carinhoso no papai de cada uma!
Um beijo especial para o meu pai e para o meu marido que será o papai do Luiz Paulo.

Um comentário:

Lily. disse...

Olá flor...tou passando pra avisar que voltei com o meu blog de noiva...

O novo endereço é - http://lily-and1.blogspot.com/

bjÔ